Tim(88)9761-4880

Fundador e líder da GDE é preso em carro blindado

'Celinho' é acusado de ordenar Chacina das Cajazeiras e de expulsar famílias da comunidade 'Babilônia'


Um dos principais fundadores e membro da atual liderança da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) foi preso. Ontem, policiais militares capturaram Auricélio Sousa Freitas, o 'Celinho', de 35 anos, por volta das 19h, na Avenida Desembargador Moreira, bairro Dionísio Torres, em Fortaleza.

Conforme a reportagem apurou, 'Celinho' estava em um Corolla, cor preta, blindado. A prisão foi realizada por uma equipe do Comando Tático Motorizado (Cotam) companhia que pertence ao Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que, na ocasião, o homem apresentou um documento com a sua foto e nome falso, contudo a equipe sabia de quem realmente se tratava. 'Celinho' vinha sendo procurado desde o início deste ano, sob a suspeita de ser um dos mandantes da Chacina das Cajazeiras.

Após a captura, Auricélio Freitas foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro de Fátima. Até o fechamento desta edição, ele ainda estava sendo ouvido na Especializada.

12 de JUL de 2018 às 07:26:32
Fonte: Diário do Nordeste
imagem


Um dos principais fundadores e membro da atual liderança da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) foi preso. Ontem, policiais militares capturaram Auricélio Sousa Freitas, o 'Celinho', de 35 anos, por volta das 19h, na Avenida Desembargador Moreira, bairro Dionísio Torres, em Fortaleza.

Conforme a reportagem apurou, 'Celinho' estava em um Corolla, cor preta, blindado. A prisão foi realizada por uma equipe do Comando Tático Motorizado (Cotam) companhia que pertence ao Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que, na ocasião, o homem apresentou um documento com a sua foto e nome falso, contudo a equipe sabia de quem realmente se tratava. 'Celinho' vinha sendo procurado desde o início deste ano, sob a suspeita de ser um dos mandantes da Chacina das Cajazeiras.

Após a captura, Auricélio Freitas foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro de Fátima. Até o fechamento desta edição, ele ainda estava sendo ouvido na Especializada.

12 de JUL de 2018 às 07:26:32
Fonte: Diário do Nordeste